Aprendizados, constatações e bizarrices em uma semana e 1 dia de Dublin

– Você paga por 2 semanas de acomodação para não se preocupar e em 3 noites dorme em 3 lugares diferentes.

– Donos de B&B de bairros charmosos são simpáticos casais irlandeses de meia idade, que adoramm saber quem é vc, o que vc faz, quais são seus sonhos, conversar sobre o tempo etc. Constatação pela estadia em 2 B&B, 2 bairros, 2 casais, 4 fofos. Uma ótima maneira de gastar bastante do seu inglês (principalmente seu listening)

– Estar entre mais de 100 pessoas em frente a um prédio pra visitar
UM apartamento para alugar é algo assustador.

– Quando seus principais companheiros na acomodação são pedreiros, pintores, um construtor figura e outras trabalhadores significa que algo está errado. Mas não quer dizer que vc não possa se divertir um pouco, fazer amizades, respeitar os trabalhadores e oferecer um pouco de café de vez em quando.

– Você está dentro do ônibus e o motorista fala pelo auto falante: “Tenha certeza que sabe onde estão seus pertences, carteira e celular. Pessoas indesejáveis dentro do ônibus neste momento”.

– Você está dentro do ônibus (de novo) e depois de 3 minutos que vc entrou o motorista fala pelo autofalante (de novo) “Troca de motorista” e o ônibus fica parado 20 minutos no ponto!

– Você abre o mapa no meio da rua e algum local vem pra te oferecer ajuda e se esforça ao máximo pra você entender onde precisar ir.

– Você pergunta em que rua está e o transeunte, em 5 segundos, localiza no GPS do celular sua localização exata, onde vc precisa ir e te dá toda a orientação de como chegar.

– Você para no ponto de ônibus e fica olhando o informativo sobre a linhas e horários e a senhorinha simpática chega perto, pergunta se precisa de ajuda e te explica todo o funcionamento do sistema de ônibus da cidade.

– Tudo igual , tudo novo, de novo.

Welcome to Dublin